terça-feira, 8 de novembro de 2016

Foto imagem: tardinha na Amazônia Murbanense

Quem está na Amazônia de tardinha, pode presenciar, cena como esta no céu.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Programa em governança pública e gestão é oferecido gratuitamente no Acre



O governador Tião Viana participou na terça-feira, 3, do lançamento do programa online em Governança Pública e Gestão Administrativa.

A iniciativa abrirá 10 mil vagas para pessoas de todo o Acre, entre servidores públicos e sociedade civil, totalmente gratuito na modalidade de extensão e com opção paga para pós-graduação.

A realização é resultado de uma parceria inédita entre poder Executivo, Legislativo, Tribunal de Contas do Estado (TCE), Tribunal de Justiça e Associação dos Municípios do Acre (Amac).

O programa apresentado será composto por 17 módulos, com carga de 455 horas. Os alunos que optarem pelo módulo de pós-graduação terão de realizar um complemento financeiro de R$ 680, divididos em até 18 vezes, e com isso terão também o módulo de metodologia da pesquisa.

As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas na Escola do Poder Legislativo ou pelo site www.acreinfoco.com.br. A duração será de 12 meses, a contar com a data da matrícula.

Tião Viana falou da necessidade de fortalecer e zelar pelos princípios da administração pública e investir na qualificação de servidores. “Trata-se de um momento histórico no Poder Legislativo do Acre, por unir instituições em nome da qualificação. E espero que sejamos capazes de realizar mais investimentos com resultados como este”, disse.

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Ney Amorim, reforçou o caráter inclusivo do programa: “O Acre está inovando quando traz um curso desse nível, com grandes palestrantes, e passa a oferecê-lo para a toda a sociedade, não só aos servidores públicos, mas todos que quiserem prestá-lo”.

Também participando do lançamento, a presidente do TCE, Naluh Gouveia, ressaltou que o Tribunal está de portas abertas para parcerias como essas, capazes de aperfeiçoar a gestão pública. “Esse curso tem a cara da gente. E queremos que as pessoas tenham acesso a esse tipo de conhecimento, por isso esperamos até mesmo superar os dez mil inscritos. E o TCE está aberto a parcerias inovadoras”, ressaltou.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Calendário eleitoral - Eleições 2016

Os candidatos já começaram a se mobilizar em convenções de escolhas e articulações sobre os pré-candidatos a vereadores e prefeitos. Então, é bom acompanhar o calendário eleitoral pra saber  quando os candidatos poderão a fazer, de fato, campanha. 

Acompanhe as datas:


20 de julho a 5 de agosto de 2016

Período no qual os partidos estão autorizados a promover convenções para a definição dos candidatos.


3 de agosto de 2016

Data limite para o eleitor solicitar a segunda via do título de eleitor fora do seu domicílio eleitoral.


15 de agosto de 2016

Final do prazo para os partidos políticos e coligações registrarem seus candidatos.


16 de agosto de 2016

Está autorizada a propaganda eleitoral.

26 de agosto de 2016
Começa a propaganda eleitoral gratuita através do rádio e televisão

13 de setembro de 2016
Prazo limite para a definição e comunicação dos partidos políticos à Justiça Eleitoral dos gastos de campanha dos candidatos.


15 de setembro de 2016

É publicado pela Justiça Eleitoral o relatório das receitas em dinheiro coletadas pelos partidos políticos para patrocinar as campanhas eleitorais.


22 de setembro de 2016

Prazo final para o eleitor requisitar em seu domicílio eleitoral a segunda via do Título de Eleitor.


29 de setembro de 2016

Fim da propaganda eleitoral gratuita veiculadas no rádio e na televisão.


30 de setembro de 2016

Termina o período da exibição de propaganda eleitoral paga.


2 de outubro de 2016

Primeiro turno.


28 de outubro de 2016

Encerramento da propaganda eleitoral gratuita através do rádio e da televisão associada ao segundo turno.

Fonte: https://www.eleicoes2016.com.br/calendario-eleitoral/

sexta-feira, 4 de março de 2016

Ministro da Justiça de FHC vê 'exagero' em ação da PF contra Lula

Dois juristas, ex-integrantes do governo Fernando Henrique Cardoso, criticaram, em entrevista à BBC Brasil, a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para depor à Polícia Federal na manhã desta sexta-feira. Ambos também consideram errados os recentes vazamentos de documentos sigilosos da operação Lava Jato, que investiga esquema de corrupção na Petrobras.

A medida contra Lula foi determinada pelo juiz Sérgio Moro, responsável pela condução da Lava Jato na Justiça Federal do Paraná. O ex-presidente é investigado por supostamente ter sido favorecido por empreiteiras envolvidas no esquema de corrupção da Petrobras, por meio de doações e contratações em palestras e com reformas de imóveis. Lula nega e diz que não é dono das propriedades investigadas.

No total foram expedidos 33 mandados de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva no Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia. São alvos desses mandatos parentes do ex-presidente e pessoas próximas a ele, como Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula.

José Gregori, que foi ministro da Justiça (2000-2001) e secretário de Direitos Humanos (1997-2000) de FHC, considerou a condução coercitiva um "exagero".

Segundo ele, o correto é a aplicar essa medida apenas se a pessoa tiver previamente se recusado a atender uma convocação para depor, o que não ocorreu no caso de Lula.

"Não conheço na nossa legislação a figura da condução coercitiva sem que tenha havido antes a convocação. A praxe tem sido sempre essa: você convida a pessoa a comparecer e, se ela não comparecer, então na segunda vez vem a advertência de que ela poderá ser conduzida coercitivamente", afirmou.

"Você [fazer] logo a condução coercitiva é um exagero. E na realidade o que parece é que esse juiz [Sergio Moro] queria era prender o Lula. Não teve a ousadia de fazê-lo e saiu pela tangente."

Já Walter Maierovitch, ex-secretário Nacional Antidrogas de FHC, viu "ilegalidade" na decisão de Moro.

"Acho que buscas e apreensões são atividades normais em investigação. Agora, o que eu eu estranho, como jurista, é a condução coercitiva do Lula. É algo surpreendente e preocupante", notou.

"Essa vergonha está acontecendo no país é uma coisa que precisa ser apurada, mas me preocupa quando tem um desvio de legalidade", reforçou.

Ele diferencia o caso desta sexta-feira da convocação do Ministério Público de São Paulo, da qual Lula recorreu para não comparecer semanas atrás, quando não havia decisão judicial. Segundo Maierovitch, o MP não tem autoridade prevista em lei para fazer esse tipo de convocação, de modo que Lula podia não atender ao pedido para falar.

'PRECIPITAÇÃO'

Para Maierovitch, houve certa precipitação na decisão, já que no momento a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, analisa um pedido de Lula para esclarecer se a investigação deveria ser conduzida na Justiça Federal, em Curitiba, ou no Ministério Público de São Paulo, que também vem apurando o caso.

Em nota, o Instituto Lula citou essa questão e disse que a "Lava Jato desrespeita o Supremo e compromete sua credibilidade" com a ação desta sexta.

"Ao precipitar-se em ações invasivas e coercitivas nesta manhã, antes de uma decisão sobre estes pedidos [ao STF], a chamada força-tarefa cometeu grave afronta à mais alta Corte do país, afronta que se estende a todas as instituições republicanas", disse a nota.

O comunicado afirmou ainda que a ação foi uma "violência" com intuito de "submeter o ex-presidente a um constrangimento público".

"Nada justifica um mandato de condução coercitiva contra um ex-presidente que colabora com a Justiça, espontaneamente ou sempre que convidado. Nos últimos meses, Lula prestou informações e depoimentos em quatro inquéritos, inclusive no âmbito da Operação Lava Jato", disse também o Instituto.

VAZAMENTOS

Os dois juristas ouvidos pela BBC Brasil também criticaram os vazamentos de documentos sigilosos da Lava Jato, como trechos de depoimentos de delatores.

Nesta quinta-feira, por exemplo, a revista "IstoÉ" publicou o que seriam as primeiras revelações de um acordo de delação premiada firmado entre o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) e a Procuradoria-Geral da República (PGR). A existência do acordo não foi oficialmente confirmada pelas duas partes, nem homologada pelo Supremo Tribunal Federal.

A reportagem atribui ao senador acusações à presidente Dilma Rousseff e a Lula, dizendo que ambos sabiam do esquema de corrupção da Petrobras e teriam atuado para interferir na Lava Jato.

"Tendo em vista a importância que está tendo na conjuntura nacional, essas investigações precisam dar uma prova diária de equilíbrio, de isenção. Então, não pode haver nenhum tipo de tolerância com o que não seja rigorosamente ortodoxo, rigorosamente equilibrado, rigorosamente dentro da lei", disse Gregori, ao criticar os vazamentos.

Maierovitch não vê motivação partidária na condução da operação pela Polícia Federal e o Ministério Público, mas considera que os vazamentos acabam sendo usados nesse sentido.

"O vazamento de informações é gravíssimo, porque até prejudica a investigação. E também pode ter um vazamento para a imprensa, para criar tumulto partidário. Aí sai do campo técnico e entra no campo do espetáculo", opinou.

"Há um clima no país de fla-flu, o que é muito ruim, porque na democracia não é a torcida que ganha o jogo, são as regras legais. O que se viu ontem (quinta-feira), uma oposição que se reúne para fazer barulho, que diz vai jogar (a suposta delação) do Delcídio para o impeachment, tem toda uma especulação, precipitações, toda uma pobreza de argumentos", acrescentou.

IMPORTÂNCIA DA LAVA JATO

Apesar das críticas, os dois juristas consideram que a Lava Jato tem sido uma ação importante no combate à corrupção.

Para Maierovitch, agora "não existe dono do poder" e "está se vendo que todos são iguais perante a lei, o que é um princípio republicano".

Na visão de Gregori, "os fatos têm mostrando que houve realmente casos que escaparam completamente ao padrão legal e têm que ser investigados". Ele reforça, porém, a necessidade de submeter "as pessoas envolvidas ao devido processo legal".

"A minha preocupação é que não se escape nem um milímetro do quadro legal, esteja se tratando de A, de B, ou de C", disse

terça-feira, 1 de março de 2016

Receita Federal recebe declaração do Imposto de Renda a partir de hoje

O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoas Física 2016 (IRPF) começa hoje (1º) e termina no dia 29 de abril. O programa gerador da declaração para ser usado no computador pode ser baixado no site da Receita Federal. A Receita liberou para download um “perguntão” elaborado para esclarecer dúvidas quanto à apresentação da declaração do imposto referente ao exercício de 2016, ano-calendário de 2015.
O programa da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2016, ano-base 2015, está disponível no site da Receita FederalMarcelo Camargo/Agência Brasil
O programa da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2016, ano-base 2015, está disponível no site da Receita FederalMarcelo Camargo/Agência Brasil
Quem perder o prazo está sujeito à multa de 1% do imposto devido por mês de atraso ou de R$ 165,74, prevalecendo o maior valor. A multa máxima equivale a 20%.
O aplicativo do Imposto de Renda para dispositivos móveis (tablets e smartphones) na versão Android para a Google Play deve ser liberado hoje na loja virtual da empresa. De acordo com a Receita, a versão iOS já foi enviada para a Apple e aguarda autorização.
A versão online da declaração, que estará disponível no Centro Virtual de Atendimento (eCAC) para usuários com certificado digital, é prevista também para ser disponibilizada hoje.
Cerca de 28,5 milhões de contribuintes deverão enviar à Receita Federal a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física em 2016. A estimativa é do supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir. O número representa crescimento de 2,1% em relação aos 27,9 milhões de documentos entregues no ano passado.

Receita Federal do Brasil

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Bloqueio do WhatsApp causa transtornos aos usuários e gera memes na internet

A suspensão do WhatsApp a partir de meia-noite desta quinta-feira vem atrapalhando a rotina de seus usuários e despertando muitas dúvidas. A diarista Valda Alves Moreira, de 48 anos, está ansiosa pela volta do funcionamento do aplicativo. Ela tem três filhos e uma neta, e se comunica com o dia todo com eles pelo WhatsApp.

- Recebo foto da minha neta o dia todo, e é assim que eu sei que ela está bem. Estou aflita para que sábado chegue logo e esse bate-papo volte a funcionar - afirmou ela, que, logo cedo, quando chegou ao trabalho, perguntou à patroa porque o aplicativo não estava funcionando.

- Escutei no trem que o problema era da operadora. Como sempre, temos problema com a operadora, acreditei. Mas minha patroa me explicou que era problema de Justiça, não de serviço.

Nas redes sociais, internautas estão encarando com bom-humor o dia de abstinência. O bloqueio já gerou vários memes.

Confira clicando aqui.

Nesta quarta-feira, as operadoras de telefonia móvel receberam o ofício da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, em São Paulo, avisando que o aplicativo ficaria bloqueado para uso por 48 horas.

Segundo a Vara Criminal, a decisão foi proferida em um procedimento criminal, que corre em segredo de Justiça. “Isso porque o WhatsApp não atendeu a uma determinação judicial de 23 de julho de 2015. Em 7 de agosto de 2015, a empresa foi novamente notificada, sendo fixada multa em caso de não cumprimento. Como, ainda assim, a empresa não atendeu à determinação judicial, o Ministério Público requereu o bloqueio dos serviços pelo prazo de 48 horas, com base na lei do Marco Civil da internet, o que foi deferido pela juíza Sandra Regina Nostre Marques”, disse o Tribunal, em nota à imprensa.

ZUCKERBERG CONDENA INTERRUPÇÃO: 'DIA TRISTE'
O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, se pronunciou a respeito do bloqueio nesta quinta-feira. Ele condenou a interrupção do aplicativo WhatsApp e afirmou que estão trabalhando firmemente para a reversão da decisão. Disse que é um dia triste para o Brasil, que até agora era um parceiro na criação de uma internet livre. O aplicativo WhatsApp é de propriedade do Facebook.

"Estou surpreso que nossos esforços para proteger os dados dos usuários resultem em uma decisão extrema de um único juiz que pune a cada pessoa no Brasil que usa o WhatsApp", disse.

Nesta quarta-feira, as operadoras de telefonia móvel receberam ofício da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, em São Paulo, informando sobre o bloqueio de 48 horas do serviço.

globo.com

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Justiça determina bloqueio do WhatsApp por 48 horas em todo o território nacional



O WhatsApp será bloqueado pela Vivo, TIM, Oi e Claro a partir da 0h desta quinta-feira (17). O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal confirmou o recebimento de uma intimação judicial, que também afeta os clientes da Sercomtel e Algar Telecom. A decisão tem validade de 48 horas.


A medida cautelar foi imposta pela 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, no Estado de São Paulo, após um pedido do Ministério Público, feito com base no Marco Civil da Internet. Segundo a Justiça, o aplicativo “não atendeu a uma determinação judicial de 23 de julho de 2015”.

Em 7 de agosto de 2015, a empresa foi novamente notificada, e uma multa foi fixada em caso de não cumprimento. Como ainda assim o WhatsApp não atendeu à determinação judicial, a solicitação de bloqueio do serviço deferida pela juíza Sandra Regina Nostre Marques.


O processo criminal corre sob sigilo e o autor da ação não pode ser informado. No entanto, o sindicato informou que nenhuma empresa de telefonia faz parte da ação que resultou na ordem judicial.

O sindicato informou que todas as operadoras afiliadas têm condições técnicas de realizar o bloqueio, mas não soube dizer como Claro, TIM, Vivo, Oi, Sercomtel e Algar Telecom vão implementar a suspensão. O órgão também não esclareceu se o bloqueio será implementado nas redes Wi-Fi mantidas pelas prestadoras de telefonia móvel.

Leia na íntegra a nota do SindiTeleBrasil:

“As prestadoras de serviços de telefonia móvel, representadas pelo SindiTelebrasil, receberam na tarde desta quarta-feira (16) intimação judicial e cumprirão determinação da Justiça para bloquear o aplicativo WhatsApp, em todo o território nacional, a partir da 0h00 desta quinta-feira (17/12), pelo prazo de 48 horas, de acordo com as possibilidades técnicas e operacionais. O SindiTelebrasil esclarece ainda que as prestadoras não são autoras e não fazem parte da ação que resultou na ordem judicial.”

O Facebook, dono do WhatsApp, informou por meio de sua assessoria no Brasil que não vai se pronunciar sobre o caso. Segundo a empresa, “são operações diferentes”.

– App mais usado do Brasil

O WhatsApp é o aplicativo mais utilizado pelos brasileiros, segundo pesquisa revelada nesta semana pelo Ibope Inteligência. Em seguida aparecem o Facebook, YouTube e Instagram. Segundo o levantamento, realizado via internet com 2 mil usuários, 93% deles disseram ter o mensageiro instalado no celular.

Ranking de apps mais usados no Brasil (Foto: Divulgação/IBOPE) (Foto: Ranking de apps mais usados no Brasil (Foto: Divulgação/IBOPE) )

Estimativas indicam que o aplicativo deve encerrar 2015 com mais de 900 milhões de usuários ativos no planeta. Em comparação, o Facebook tem 1 bilhão de usuários ativos diários e o Instagram, 300 milhões.

Procurado pela reportagem, o WhatsApp não comentou o assunto até a publicação desta matéria.

– Histórico

Em fevereiro, o app foi alvo de outro mandado judicial determinando seu bloqueio. A decisão foi expedida pelo juiz Luis Moura Correia, de Teresina (PI), que alegou que os responsáveis pelo software se recusavam a fornecer informações sobre uma operação policial realizada em 2013.

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Imagem: Seringal Itaúba

Imagem do antigo Seringal Itaúba, um dos mais movimentados do período áureo da extração da borracha Amazônica, só perdendo para o Seringal Oriental, no baixo Rio Purus, há uma hora de distancia. Os antigos moradores hoje, vivem da atividade agrícola de subsistência. Ao fundo Rio Purus.

Foto: Boby

Opinião: Economist: Justiça no Brasil é estranha e Moro endossa isso

Em reportagem sobre a corrupção no Brasil, a revista britânica The Economist diz que o sistema de justiça criminal brasileiro é antiquado e estranho, assim como a atuação do juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato.

A revista diz que, apesar dos brasileiros enxergarem Moro como um herói, devido ao modo como ele tem conduzido as ações da Operação Lava Jato, o método de aprisionar suspeitos antes de irem a julgamento aponta para uma falha na cultura legislativa do país.

“A prisão preventiva não deve ser usada para amedrontar os suspeitos a colaborarem com as investigações”, afirma o texto. “A maioria dos países só utilizam a detenção pré-julgamento como último recurso”.

A publicação ainda contesta o encarceramento em massa do Brasil, já que, segundo a revista, dois quintos dos mais de 600 mil presidiários ainda aguardam parecer judicial. “O código penal brasileiro fica para trás em muitos aspectos se comparado às normas internacionais”. 

Como exemplo, a Economist destaca que uma série de suspeitos, presos por ordem de Moro na Operação Lava Jato, foram colocados em liberadade pelo Supremo Tribunal Federal (STF), pois o parecer de prisão apontava motivos genéricos e abstratos.

“Se o Sr. Moro age com tamanha independência para julgar os casos, é porque a lei brasileira confere esse tipo de poder incomum aos juízes”, afirma a publicação inglesa.


http://www.msn.com

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

5 passos para sua ideia de negócio virar realidade

Como identificar se minha ideia tem potencial?


Ter sucesso em um negócio depende de vários fatores, incluindo uma boa ideia.  Muitos empreendedores acreditam que a partir disso é possível determinar se a empresa terá sucesso ou não.

Não é bem assim. O sucesso e a sustentabilidade de um negócio dependem de inúmeras variáveis. A ideia é apenas uma destas variáveis e pode, inclusive, mudar com o tempo. Muitas empresas começaram a atuar em um nicho de mercado e hoje estão em áreas diferentes. 

É preciso ter em mente que a primeira ideia para um novo negócio nem sempre será executada da maneira como foi concebida. Também é preciso levar em consideração que ideias que deram certo no passado podem não funcionar no futuro.

Projetos que tinham tudo pra dar certo podem ser um fiasco. Quem não se lembra da Cherry Coke, que foi lançada com grande investimento em publicidade e propaganda e tirada do mercado pouco tempo depois? E existem as ideias que foram derrubadas pelos experts e se transformaram em um grande sucesso. 

Um exemplo disto é a famosa frase: “Creio que no mundo inteiro talvez haja lugar para uns cinco computadores no mercado", de Thomas Watson, presidente da IBM. Hoje os computadores em todos os seus formatos fazem parte do dia-a-dia de todos.

Existe uma distância muito grande entre uma grande ideia e um produto vendável. Para diminuir a distância entre o idealizado e o concretizado é preciso seguir algumas dicas:

1 - Faça uma pesquisa de mercado específica

Procure na internet pelas patentes já existentes e por informações confiáveis para confirmar se há mercado para a sua ideia. O fato de um pequeno grupo aprovar a ideia não significa muito. É preciso averiguar se existe uma massa de consumidores disposta a usar o seu produto ou serviço.

2 - Confirme se a ideia é tecnicamente viável

Algumas ideias estão mais próximas dos sonhos do que dos produtos. As coisas geralmente são mais difíceis do que parecem e o empreendedor precisa ter evidências de que o projeto é viável tecnicamente antes de entrar no plano de negócios.

3 - Apresente um resumo eficaz

Em um primeiro momento, o empreendedor deve fazer um sumário executivo de poucas páginas ou uma apresentação com até 10 telas. Esse processo torna mais fácil a visualização de todo o contexto e serve como um teste para a avaliação da ideia antes de todo o esforço de um plano detalhado.

4 - Faça projeções financeiras para cinco anos

Esta é a parte mais difícil para a maioria das pessoas, pois obriga o empreendedor a analisar custos reais, preços e entrega de resultados. Mas são esses elementos que realmente fazem o negócio. Sem essa averiguação não é possível avaliar o potencial de sucesso.

5 - Comece a busca pelos recursos mais importantes

Nesta fase, está incluída a contratação da equipe, busca de capital para os primeiros meses e a escolha das tecnologias e dos fornecedores. Outros elementos importantes são o nome da empresa, as licenças necessárias, locação, conselheiros e processos a usar na operação.

Escrito por Renato Kuyumjian, especialista em empreendedorismo
http://www.msn.com/

Foto imagens: arte da seringa

Acima, minha irmã Rosilene, admirada com o Sr. Aragão que aprendeu há anos a arte de trabalhar com a borracha. Primeiro, fazendo sapatos de seringa, depois bolsa para pôr tabaco e agora, num singelo cantinho numa trilha dentro do Parque Chico Mendes, fabrica artesanalmente, sapatos, bolsas e outros apetrechos que normalmente são exportados, pelo valor artesanal da Amazônia. Importante dizer que o Senhor Aragão, já esteve, segundo ele mesmo afirma, dando palestras na França, sobre sua produção artesanal.

Minha mãe Geralda e meu pai Raimundo, surpresos com os sapatos e apetrechos de seringa feitas pelo Sr. Aragão. Há tempos não viam esses produtos. Minha mãe fabricava artesanalmente sapatos, bolsas e sacos encauchados e defumados com látex, quando morava nas colocações de seringa. Esses apetrechos feitos com o leite da seringueira, impediam impermeabilidade. Logo, estes eram uma proteção contra as chuvas torrenciais da Amazônia. Sacos encauchados, bolsas e sapatos eram utensílios necessários e usados por quem morava nos seringais. 


Saindo na frente: Prefeitura de Manoel Urbano paga 13º dia 14

A prefeitura de Manoel Urbano sai na frente das demais prefeituras no pagamento do 13° salário dos servidores municipais.

O cenário de crise fez o Prefeito de Manoel Urbano Ale Anute Silva, apertar o cinto e a se preocupar com o pagamento dos servidores municipais. Na contramão do que muitos pensavam, o Prefeito, que não é bem avaliado como bom gestor, surpreendeu a todos, e já hoje, 14 de dezembro, efetuou o pagamento do décimo terceiro salário dos servidores, dinheiro que certamente irá aquecer a economia local neste período de Natal. 

A equipe de finanças garantiu que está tudo pronto para que o salário dos servidores do mês de dezembro seja realizado até o dia 22. 

"Isso só será possível, graças a uma medida suspensiva do juiz da vara do trabalho de Sena Madureira que tinha ordenado o bloqueio de cerca de 300 mil reais de ações trabalhistas já para esse mês, o que inviabilizaria nosso planejamento", afirma o Secretário Municipal de Finanças Jeferson Pontes. 

"Estamos olhando pra frente com olhar otimista. Com a confirmação das previsões financeiras estaremos fechando esse ano com a cidade limpa e seus trabalhadores com dinheiro no bolso! É isso que desejamos", conclui o Secretário.

A notícia foi muito comemorada por servidores e comerciantes locais.


Bolsa Família é destaque em relatório do Pnud no combate à pobreza

Num momento em que o Congresso discute grande corte no orçamento do Bolsa Família para ajustar as contas públicas, a Organização das Nações Unidas usa a experiência brasileira como exemplo mundial de redução da pobreza.

O programa de distribuição de renda foi citado três vezes no Relatório de Desenvolvimento Humano 2015.

A elogiada engenharia nacional para erradicar a miséria teve efeito diretamente na queda do indicador chamado de pobreza multidimensional (que considera não apenas a renda, mas também condições de saúde, educação e domicílio) nos últimos anos.

Nas contas das Nações Unidas, 2,9% da população brasileira ainda vivem na pobreza. O número já foi bem maior: 4% em 2006. No ano passado, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) divulgou que esse percentual tinha caído para 3,1%.

O cálculo é muito mais sofisticado que os usuais. Além de levar em conta a renda, o Pnud entende que a pobreza deve ser medida por privações que afetam a qualidade de vida.
próxima da pobreza multidimensional (%)
População na pobreza extrema (%)
População abaixo da
linha da pobreza (%)
Estatística leva em consideração carência nos três quesitos avaliados pelo IDH (saúde, educação e qualidade de vida)
Carência severa em mais de uma das dimensões avaliadas no IDH
Proporção de pessoas com renda diária abaixo dos US$ 1,25
27,8
23,6
5,7
22,7
18,2
17,1
milhões de pessoas
9,4
7,2
6,3
5,2
3,8
1,4
1,3
1,0
0,4
0,5
Brasil
Argentina
China
Índia
África do Sul
Fonte: PNUD/Human Development Report 2015
7% PODEM DEIXAR CLASSE MÉDIA

Analisa se há condições decentes de vida, por exemplo, se o indivíduo tem água, luz, saneamento, escola e saúde. Considera ainda itens como alimentação, energia para cozinhar, saneamento, água, eletricidade, moradia digna e renda.

Perto do limiar de pobreza estão 7,2% dos brasileiros, ou seja, estão vulneráveis a sair da classe média. Na miséria extrema, há 0,4% dos brasileiros. Dados melhores que no passado, que confirmam o sucesso das políticas no país.

Principal responsável pela melhora, o Bolsa Família teve destaque num box de meia página no relatório das Nações Unidas.

O texto diz que, desde que o programa foi lançado, cinco milhões de brasileiros saíram da pobreza extrema.

O Pnud diz ainda que o Bolsa Família venceu as preocupações iniciais de que as transferências de dinheiro para pobres podiam diminuir a oferta de trabalho.

“O Bolsa Família tem permitido um aumento na taxa de emprego da população economicamente ativa, uma redução de inatividade e taxas de informalidade, aumento da proporção de trabalhadores contribuindo para o desenvolvimento social e um aumento no salário médio”, afirma a ONU.

— O relatório reconhece a importância dos programas sociais, justamente, porque eles proveem um piso de proteção social que funciona nestes momentos de acidentes de percursos e de crise — explica a coordenadora do relatório do Brasil, Andréa Bolzon.

Com índice 0,011, o Brasil está melhor em termos de pobreza que a maior parte da América Latina. Ficou à frente de países como Argentina, México, Colômbia e Peru, por exemplo.



O globo.com

domingo, 11 de outubro de 2015

Enem será feito pela quinta vez por mais de 1 milhão de candidatos

Pela primeira vez número de veteranos superou o de novatos.
Provas serão em 24 e 25 de outubro



Um grupo 1.053.271 candidatos inscrito para o edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) fará a prova pela quinta vez ou mais, segundo o Inep.

O Enem deste ano tem 7.746.057 inscritos. Apesar de grandiosidade do número, ele é 11,2% menor que o da edição anterior e quebra uma sequência de recordes registrada desde 2008.

Este ano também foi marcado por outra particularidade: pela primeira vez o número de veteranos superou o de novatos. Os que farão sua estreia do Enem somam 2.676.982. Enquanto os veteranos, são 5.801.114 dos inscritos.

Entre os já experientes, o maior grupo é o de candidatos que fará o Enem pela segunda vez (2.356.936). Os que farão pela terceira vez somam 1.527.208 pessoas. Na quarta tentativa está o menor grupo, de 863.698 candidatos, segundo o Inep.

saiba mais

O Enem substitui os vestibulares na maioria das universidades públicas brasileiras, mas também tem outras funções. É necessário para que o candidato dispute bolsas de estudo pelo Prouni ou solicite o Fies, financiamento para universidades particulares.

Os interessados em participar de demais programas, como Sisutec, que seleciona candidatos para vagas no ensino técnico, ou o Ciência sem Fronteiras, que oferece bolsas de estudo para intercâmbios no exterior, também precisam fazer o Enem.

Outra função do exame é fornecer a certificação do ensino médio. Quem tem no mínimo 18 anos, ainda não concluiu o ensino médio e tiver pontuação mínima é 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 500 pontos na redação, recebe a certificação. Neste ano, 867.968 candidatos farão as provas com este objetivo.

Como consultar o local de provas
Os candidatos devem acessar o endereço enem.inep.gov.br/participante e informar o número do CPF e senha para visualizar os dados.

Caso você não lembre sua senha, é possível recuperar o acesso ao site usando seu CPF, sua data de nascimento e o endereço de e-mail ou telefone celular indicado no formulário de inscrição. Para isso, é preciso acessar o endereço enem.inep.gov.br/recuperar-senha.html.

O cartão de confirmação do Enem não precisa ser apresentado no dia das provas; é recomendável, porém, que o candidato o leve junto, porque ele tem todos os detalhes sobre o local de prova, incluindo o endereço, o nome da escola, o andar e o número da sala.

As provas
O Enem será aplicado nos dias 24 e 25 de outubro. No sábado, dia 24, serão realizadas as provas de ciências humanas e ciências da natureza, com duração de 4 horas e 30 minutos. No domingo, 25, será a vez de linguagens, matemática e redação, com duração de 5 horas e 30 minutos.

globo.com

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Foto Imagens: Belezas de Manoel Urbano

 Pôr-do-Sol na Estrada Estadual da Manga. Acesso de 7 Km a cidade de Manoel Urbano.
Rio Purus, também ao entardecer.

Utilidade pública: Sindicato convida membros para Assembléia Geral Extraordinária



SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAL DE MANOEL URBANO ACRE CNPJ Nº 12.912.520/0001 – 50


Edital de Convocação - Assembléia Geral Extraordinária


O Presidente da entidade supra, inscrita no CNPJ sob nº. 12.912.520/0001-50, com Sede na Rua Eti Ferreira D´Avila, s/nº, Centro, CEP 69.950-000, Manoel Urbano/AC, convoca todos os Servidores Públicos Municipais da Prefeitura Municipal, da Câmara Municipal, das Autarquias Municipais e Fundações Públicas Municipais, ativos e inativos do município de Manoel Urbano/AC, para participarem da Assembléia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 07/08/2015 às 16h00 em 1ª convocação (maioria absoluta) ou 17 hora após em 2ª convocação, no mesmo dia e local com qualquer número de convocados presentes, na Rua Presidente Castelo Branco, 304, Centro, CEP 69.950-000, Manoel Urbano/AC, para deliberarem sobre a seguinte Ordem do Dia: 

a) Rerratificação da fundação desta entidade e de todos os demais atos praticados posteriormente; 
b) mudança de endereço da Sede desta entidade; 
c) filiação a entidade sindical de grau superior e central sindical. 

Manoel Urbano/ AC,02 de julho de 2.015 



Sebastião Pereira Sobrinho
Presidente

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Notinhas

- Primeiro de Julho de 2015. O que muito achavam que era uma hipótese inexistente do atraso de salários dos servidores da Prefeitura de Manoel Urbano hoje tornou-se corriqueiro. Só ninguém se acostumou ainda.

- O mês de Maio foi pago depois do dia 15 de junho, e o mês de Junho, segundo um funcionário municipal, não há previsão ainda.

- De forma uníssona, falam quem vai a Manoel Urbano: a cidade piorou muito nos últimos anos.

- Manoel Urbano perdeu dona Síria hoje. Fazia tratamento de um câncer no pulmão e não resistiu! Meus sentimentos a toda a família (Zé, Maninha, Juci, Boneca, Mireli, Ribamar) e aos demais! 

- Outro que partiu foi o Mima. Encontrado já sem vida, deixa a tristeza para Sr. Berna e esposa. Meus sinceros votos de pesar à família.

- As praias do Purus estão uma maravilha!

- Deus nos conceda uma excelente sexta-feira.


quarta-feira, 24 de junho de 2015

Parque ambiental Chandless comemora dez anos com programação


Local é considerado um dos mais preservados do planeta, onde a biodiversidade ainda reina soberana, sem a ação direta do homem; por isso, ações de preservação são sempre uma constante. Foto: Diego Gurgel

Em solenidade realizada no auditório da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), a Secretaria de Estado de meio Ambiente (Sema) lançou programação em comemoração aos dez anos do Parque Estadual Chandless. As atividades incluem lançamento do site, exposição de fotografias e realização de seminário.

Trabalhos científicos sobre o Parque estadual serão apresentados na próxima sexta-feira, 26, na Universidade Federal do Acre (Ufac). Segundo o secretário de Meio Ambiente, Edgard de Deus, a intenção é dizer ao mundo que a área do Chandless existe e possui várias riquezas em sua biodiversidade.

“Nossa maior preocupação neste momento é a preservação, para que a gente possa ter um ecossistema conservado no Acre e também deixarmos um legado para as próximas gerações”, defende Edgard.

Sobre o Parque

Localizado nos municípios de Manoel urbano, Sena Madureira e Santa Rosa do Purus, o Parque possui uma área de 695,303 hectares e representa apenas 4,23% do território acreano.

Além disso, é considerada atualmente uma das maiores biodiversidades do mundo e contribui para preservação de espécies da fauna e da flora e ainda como fonte de pesquisas para algumas instituições.

Pelo menos 1.374 espécies animais foram registradas no Parque, entre eles: 71 mamíferos; 63 anfíbios; 40 repteis; 482 borboletas; 71 peixes; 407 aves, das quais 13 são exclusivas da formação de taboca.

“É o que temos de mais requintado do ponto de vista da biodiversidade. Temos uma joia rara no Acre que se chama Chandless”, conclui o secretário.

Fonte: Jornal Opinião

terça-feira, 23 de junho de 2015

Em Manoel Urbano é proibido sentir dor de dente

Posto de Saúde Inácio Ribeiro, Centro de Manoel Urbano.
Posto de Saúde Josefa Nunes, Bairro São Francisco

Conseguir uma consulta odontológica nos postos de saúde de Manoel Urbano tem sido uma missão impossível. Os consultórios instalados nos dois postos de saúde do município estão sem funcionar não por falta de odontologistas, mas pela falta de equipamentos e materiais básicos de trabalho.

Informações de funcionários e usuários dão conta que o atendimento já não existe há mais de um mês. “Já estamos com mais de um mês nessa situação. Todos os dias, pessoas buscam atendimentos, mas nada podemos fazer. O que é passado pra gente da secretaria é que estão vendo a questão de licitação,” disse uma servidora de um dos postos de saúde, pedindo para não ter seu nome revelado.

O problema dos atendimentos odontológicos no município foi um dos temas discutidos na última Sessão Ordinária por alguns vereadores. Para Jefferson Magalhães, vereador do PHS, a situação chega a ser desumano. “No que se refere a questão da falta de atendimento odontológico, eu mesmo presenciei uma criança chorando com dores de dente em uma escola. Levada pelo professor ao posto de saúde, a dentista nada pode fazer pela criança a não ser receitar uma dipirona”, comentou o parlamentar em tom de desabafo.

Outro que não poupou criticas diante da situação, foi o vereador da base do prefeito Ale Anute, o presidente da Câmara, Raimundo Cipriano (Cocão), do PSDC. “Isso que está acontecendo é uma vergonha. É inaceitável que um produtor rural tenha que se dirigir à Sena Madureira somente para extrair um dente. Hoje mesmo vou me reunir com o prefeito para ver o que de fato está acontecendo”, disse Cocão.

OUTRO LADO

Procurado, o secretário de saúde do município Cleyton Marcio, assume que de fato não há atendimentos. Mas, segundo ele, o problema não é falta de materiais básicos, e sim a manutenção de três cadeiras odontológicas que por orientação do Conselho Regional de Odontologia (C.R.O) precisavam de manutenções. “O atendimento não esta acontecendo, não por falta de materiais básicos, esta situação já resolvemos. Na verdade fomos orientados pelo C.R.O a fazer a troca de algumas peças nas cadeiras odontológicas e também nos compressores de ar, as peças foram compradas fora do estado e com a greve da SUFRAMA atrasou ainda mais a entrega”, justificou o secretário.

Manoel Urbano tem uma população estimada em dez mil habitantes e conta com duas dentistas no quadro funcional do município. O problema da falta de atendimentos da saúde bocal dos murbanenses é ainda mais grave na zona rural do município, isso porque, desde janeiro de 2013, os ribeirinhos encontram-se sem nenhum atendimento.

Por Márcio Levy